Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ENQUETE
Qual a sua religião?
Evangélico
Católico
Testemunha de Jeová
Espírita
Ateu
Mórmom
Macumbeiro
Satanista
Ver Resultados






Partilhe esta Página


SEGUNDA PARTE DO DEBATE
SEGUNDA PARTE DO DEBATE

DEBATE COM PAULO SÉRGIO DE ARAÚJO SOBRE 1Tm.6,16 (PARTE 2)

 

Graça e paz, Lucas. Meu irmão, abaixo os comentários q o irmão Paulo Sérgio,do site imortalidadedalma, deixou sobre sua última mensagem, na qual vc estava analisando o texto de 1Tm 6.16...

Graça e paz, irmão Luis Henrique.

Luis, com relação a um possível debate entre Lucas Banzoli e mim, confesso que adoraria participar. Porém, o meu maior inimigo no momento é o tempo. Família, igreja, serviço e universidade tomam quase todo o meu dia. Todos nós sabemos que um debate mais aprofundado pela internet, seja sobre qualquer assunto bíblico, exige dos debatedores uma participação ativa e quase que diária, e não esporádica. Desse modo, o que eu consigo, com o pouquíssimo tempo de que disponho, é dar uns pitacos aqui e ali sobre a imortalidade da alma, e isso quando os meus leitores me convidam para refutar algum ponto de vista contrário ao imortalismo. Porém, debater de forma ativa e diária, isso eu não faço há uns 2 anos.
Talvez esse debate com Lucas possa ser feito quando eu entrar em férias na universidade, em julho próximo, mas isso é só um talvez. Não quero me comprometer em marcar uma data para começar um debate e, depois, ficar com menos tempo do que tenho agora, pois isso prejudicaria não apenas o debate, mas também a minha vida pessoal, familiar, etc. Vamos esperar mais um pouco e, dependendo da minha agenda das próximas semanas, quem sabe não possamos marcar uma data para iniciar um diálogo mais elaborado sobre a imortalidade da alma com Lucas Banzoli.

Bem, com relação à última postagem de Lucas Banzoli, ele continua dizendo que eu estou ERRADO em afirmar que aquela “imortalidade” à qual Paulo se referia, em 1Timóteo 6.16, é a mesma coisa que AUTOEXISTÊNCIA. Eis o que Lucas disse:

“Como podemos acompanhar claramente pelo dicionário, existe uma diferença entre ‘ser’ e ‘possuir’ que o Paulo Sérgio não leva em conta. Para ele deve ser tudo a mesma coisa... Mas não me admira isso depois de ver alguém dizer que ‘athanasia’ significa ‘autoexistente’ (kkkk).”

Como fica claro, Banzoli considera um absurdo eu afirmar que “imortalidade [gr. athanasia]”, NO CONTEXTO ESPECÍFICO de 1Timóteo 6.16, refere-se ao atributo incomunicável de Deus chamado “autoexistência”. Assim, fica o impasse: eu afirmo que essa “imortalidade” mencionada em 1Timóteo 6.16 é a MESMA COISA que “AUTOEXISTÊNCIA, razão pela qual esse atributo incomunicável de Deus não é nem jamais será dado a qualquer criatura; Lucas Banzoli, porém, diz que essa “imortalidade” de 1Timóteo 6.16 de forma alguma é o mesmo que autoexistência, motivo pelo qual essa imortalidade será concedida aos salvos no futuro. Quem está com a razão: Lucas ou eu?

Bem, acho que chegou a hora de dar um xeque-mate no Lucas e, assim, acabar de vez com essa insistência dele em dizer que a palavra “imortalidade”, em 1Timóteo 6.16, não é a mesma coisa que “autoexistência”. Abaixo apresento dois tipos de imortalidade que um ser pode POSSUIR:

1. Imortalidade INATA. Esse tipo de imortalidade faz parte da própria essência de um ser; ou seja, este ser NÃO RECEBEU essa imortalidade de ninguém. Logicamente, um ser que possui esse tipo de imortalidade só pode ser AUTOEXISTENTE, ou seja, tal ser não teve um começo nem terá um fim. Evidentemente, o ÚNICO ser que possui a imortalidade inata (= autoexistência) é Deus.

2. Imortalidade DERIVADA. Esse outro tipo de imortalidade é aquele que um ser RECEBE de alguém. Obviamente, Deus NÃO possui, de forma alguma, esse tipo de imortalidade.

Diante desses 2 tipos de imortalidade acima, resumirei minha resposta a TUDO aquilo que Lucas disse com uma única, simples, direta e curta pergunta:

“Lucas, se aquela ‘imortalidade’ que Paulo mencionou em 1Timóteo 6.16 não se refere à AUTOEXISTÊNCIA que SOMENTE Deus POSSUI, então Paulo estava se referindo a QUE TIPO de imortalidade? Dos dois tipos de imortalidade que apresentei acima, qual é a imortalidade que SOMENTE Deus POSSUI: a imortalidade INATA ou a imortalidade DERIVADA?”

Bem, eu não sei qual opção Lucas escolherá, a 1 ou a 2. Eu, porém, já lhes adianto que, SEM A MENOR DÚVIDA, escolho a opção de nº 1! Ou seja, Deus possui a imortalidade inata! E isso não poderia ser diferente, pois se eu escolhesse a opção de nº 2, estaria dizendo que Deus foi criado, uma vez que Ele teria recebido Sua imortalidade de alguém.

Como eu já havia dito em minha última postagem, é uma pena que Lucas (assim como os demais mortalistas), mesmo sendo uma criatura, lê o texto de 1Timóteo 6.16 com as lentes do holismo e, em seguida, diz que ainda receberá, no futuro, esse tipo de "imortalidade" que, segundo Paulo, SOMENTE Deus POSSUI... Alguém deveria avisar Banzoli, urgentemente, que Deus jamais dará de Sua autoexistência para ele...

Um forte abraço, Luis Henrique, e até a próxima.

Em Cristo Jesus...

Paulo Sérgio de Araújo (Luis Henrique, São Paulo – 02/06/2011)

Resposta - OLÁ, LUIS, GRAÇA E PAZ.
ANTES DE RESPONDER AS QUESTÕES ABORDADAS PELO PAULO SÉRGIO, QUERIA RAPIDAMENTE FAZER ALGUMAS CONSIDERAÇÕES RÁPIDAS QUANTO A ESTA ÚLTIMA RODADA DO DEBATE:

1) QUANTO A DEBATER PESSOALMENTE, NÃO É NECESSÁRIO RESPONDER EM UMA MEDIDA DIÁRIA PARA SER UM DEBATE 1 vs 1. EU MESMO DEMORO ALGUNS DIAS PARA RESPONDER ALGUMAS QUESTÕES, SEM COM ISSO ME OMITIR DE UM DEBATE PESSOAL. É CLARO QUE OS TRABALHOS DA UNIVERSIDADE ACABAM TIRANDO TEMPO, MAS DA MESMA FORMA ACONTECE COMIGO. ELE PODERIA PERFEITAMENTE ESCREVER UM POUCO DE CADA VEZ, E QUANDO CONCLUIR A RESPOSTA PASSAR TUDO AQUI DE UMA VEZ SÓ. EU NÃO TENHO PRESSA. NUNCA OBRIGUEI NENHUM DEBATEDOR A ME RESPONDER RAPIDAMENTE, DA MESMA FORMA QUE EU NÃO GOSTO QUE ALGUÉM ME OBRIGUE A RESPONDER RÁPIDO. PORTANTO, NÃO CREIO QUE ESSA “DESCULPA” DO PAULO SÉRGIO SEJA ALGO REALMENTE PLAUSÍVEL, UMA VEZ QUE NINGUÉM AQUI ESTÁ EXIGINDO UM DEBATE DIÁRIO OU RESPOSTAS RÁPIDAS. O DEBATE PODE SER PESSOAL SEM TER A NECESSIDADE DE URGÊNCIA NAS RESPOSTAS. A ÚNICA COISA QUE FICA FEIO É FICAR SE OMITINDO DO OPONENTE E EVITANDO EM EMBATE PESSOAL, O QUE SERIA MUITO MELHOR PARA A FLUÊNCIA DO DEBATE.

2) PERCEBA QUE ELE – MAIS UMA VEZ – NÃO REFUTOU ABSOLUTAMENTE NENHUM DOS MEUS ARGUMENTOS; MAS, AO CONTRÁRIO, PASSOU MAIS ALGUNS PONTOS QUE ELE TINHA “GUARDADOS NA CARTOLA” PARA UMA OCASIÃO “ESPECIAL”. É CLARO QUE EU JÁ ESTOU ACOSTUMADO COM ISSO, POIS CONSTANTEMENTE OS MEUS OPONENTES COSTUMAM FUGIR DOS PONTOS, NÃO REFUTAM CADA UM DOS ARGUMENTOS, DEIXAM-SE SER DERROTADOS EM UM PONTO ESPECÍFICO PARA DEPOIS LANÇAR MAIS COISAS NO DEBATE. FOI ASSIM COM O FREI FERNANDO E COM TODOS OS DEMAIS. OU SEJA, AO INVÉS DE BATER DE FRENTE COM OS ARGUMENTOS DO OPONENTE, PREFEREM “ESCAPAR” DE TODO O DEBATE, NÃO REFUTAR COISA NENHUMA, E POR FIM LANÇAR MAIS ALGUMAS QUESTÕES QUE ELE TINHA GUARDADO PARA UMA OCASIÃO OPORTUNA, PENSANDO QUE IRIA “SALVAR” A DOUTRINA DELE.

3) ELE NÃO ME RESPONDEU SOBRE “ATHANASIA” SIGNIFICAR, BIBLICAMENTE, “AQUILO QUE NÃO MORRE”, E TAMPOUCO CONSEGUIU REFUTAR O FATO DE QUE ESSA MESMA PALAVRA TAMBÉM É APLICADA PARA SERES HUMANOS NO CONTEXTO DE 1CORÍNTIOS 15:53,54. TAMBÉM É RELEVANTE DIZER QUE ELE TAMBÉM NÃO RESPONDEU MAIS NADA SOBRE O ÚLTIMO “XEQUE-MATE” QUE ELE ACHOU QUE DEU EM MIM, COM A IDEIA DOS ANJOS E A IMORTALIDADE. ELE FEZ O MAIOR “FERVO” PENSANDO TER “DETONADO” COM OS MEUS ARGUMENTOS, FICOU A FALA DELE INTEIRA REPETINDO A MESMA COISA, AÍ EU FUI LÁ E REFUTEI LINHA POR LINHA, ABSOLUTAMENTE TUDO AQUILO QUE ELE DISSE, MOSTREI QUE ELE NÃO SABIA NEM A DIFEENÇA ENTRE “SER” E “POSSUIR” E, PARA VARIAR UM POUCO, ELE NÃO FOI CAPAZ DE SUSTENTAR O TAL DO “XEQUE-MATE” DELE NA RODADA SEGUINTE. OU SEJA, FEZ A MAIOR GRAÇA COM AQUELE ARGUMENTO QUE ELE CONSIDERAVA “IRREFUTÁVEL”, AÍ EU REFUTO TUDO AQUILO DE UMA VEZ SÓ, E ELE ABANDONA COMPLETAMENTE AQUELA IDEIA DELE. APARENTEMENTE OS “XEQUES-MATES” DO PAULO SÉRGIO SÃO MAIS FRACOS DO QUE SE PENSAVA...

4) VALE A PENA RESSALTAR TAMBÉM QUE DEPOIS QUE EU REFUTEI ABSOLUTAMENTE AQUELE IDEIA RIDÍCULA DE QUE UMA POSSESSÃO PRESENTE ANULA UMA POSSESSÃO FUTURA, ELE TAMBÉM ABANDONOU COMPLETAMENTE ESTE PSEUDO-ARGUMENTO. ALIÁS, ISSO FOI REFUTADO POR MIM DESDE A MINHA PRIMEIRA RESPOSTA, MAS ELE (SEM REFUTAR O MEU ARGUMENTO) REPETIU A MESMA COISA NA SEGUNDA PARTE DELE, ATÉ QUE EU DESMONTASSE AQUILO DE UMA VEZ POR TODAS E MOSTRAR QUE O RACIOCÍNIO DELE, ALÉM DE FALSO E FALACIOSO, NÃO CONSEGUE SER SUSTENTADO SEQUER POR ALGUM SILOGISMO BÁSICO DO ENSINO FUNDAMENTAL.

5) FINALMENTE, O AMIGO PAULO SÉRGIO TAMBÉM NÃO FOI CAPAZ DE ME RESPONDER O POR QUÊ QUE O APÓSTOLO PAULO TINHA DISPONÍVEL AS MÃOS EXATAMENTE AQUELA MESMA PALAVRINHA QUE O PAULO SÉRGIO TANTO INSISTE EM COLOCAR NO ORIGINAL GREGO, QUE É “ETERNO” OU “AUTOEXISTENTE”. APARENTEMENTE ELE ACHA QUE O APÓSTOLO NÃO TINHA A MÍNIMA IDEIA DESTE TERMO, PELO QUE TEVE QUE ABRIR MÃO DELES PARA APLICAR O TERMO “ATHANASIA” QUE SIMPLESMENTE REBAIXA A “INTERPRETAÇÃO” DELE.

EM OUTRAS PALAVRAS, SE O APÓSTOLO PAULO QUISESSE PASSAR A IDEIA QUE O PAULO SÉRGIO SUGERIU, BASTARIA ESCREVER, AO INVÉS DE “ATHANASIA”, O TERMO GREGO “AIWNION”, E PRONTO – O PAULO SÉRGIO JÁ ESTARIA FELIZ! MAIS INFELIZMENTE O PAULO SÉRGIO NÃO CONSEGUE EXPLICAR O POR QUÊ QUE APÓSTOLO NÃO APLICOU ESTES TERMOS QUE PODERIA SER PERFEITAMENTE APLICÁVEIS NO TEXTO DE 1Tm.6,16, E MUITO MENOS CONSEGUIU MOSTRAR QUALQUER LÉXICO DO GREGO QUE DEMONSTRE DE ALGUMA FORMA QUE O TERMO “ATHANASIA” SIGNIFIQUE “AUTOEXISTÊNCIA”, ALGO QUE EU MOSTREI NO SIGNIFICADO DO ORIGINAL GREGO E ATRAVÉS DO LÉXICO DA CONCORDÂNCIA DE STRONG QUE TAL INTERPRETAÇÃO NÃO TEM O MENOR CABIMENTO, NÃO CHEGA NEM A FAZER PARTE DOS SIGNIFICADOS SECUNDÁRIOS DE “ATHANASIA”, QUANTO MENOS DO PRIMÁRIO! OU SEJA, O PAULO SÉRGIO NEM CONSEGUIU REFUTAR ESTA INCOERÊNCIA, MUITO MENOS CONSEGUIU EMBASAR ALGO FUNDAMENTADO SOBRE OS LÉXICOS DO GREGO E TAMPOUCO FOI CAPAZ DE REFUTAR O APÓSTOLO PAULO!

6) SÓ PARA TERMINAR ESTA PARTE DE ABERTURA (JÁ VOU COMEÇAR A MINHA REFUTAÇÃO DAQUI A POUCO), O PAULO SÉRGIO, QUE JUROU DE PÉS JUNTOS QUE “ATHANASIA” SÓ ERA APLICADA PARA DEUS, E AINDA DISSE ABERTAMENTE QUE EM LUGAR NENHUM DA BÍBLIA O TERMO IMORTALIDADE-ATHANASIA É APLICADO A SERES HUMANOS, DEVE TER SE CONTENTADO QUANDO EU MOSTREI PARA ELE (NA MESMA BÍBLIA QUE ELE DISSE QUE NÃO EXISTIRIA NADA) UMA PASSAGEM ESPECÍFICA QUE O TERMO IMORTALIDADE-ATHANASIA ERA INTEIRAMENTE APLICADO PARA SERES HUMANOS. ATÉ FIZ UMA MONTAGEM COM A “INTERPRETAÇÃO” DO PAULO SÉRGIO, FAZENDO DE CONTA QUE ELE ESTAVA CERTO E QUE ATHANASIA SIGNIFICA “AUTOEXISTÊNCIA”, E APLIQUEI ISSO PARA O TEXTO DE 1CORÍNTIOS 15:53,54. DESAFIO A QUALQUER UM FAZER ISSO (TROCAR “IMORTALIDADE” POR “AUTOEXISTÊNCIA” EM 1Co.15:53,54) PARA VER QUE MARAVILHOSO QUE FICA A COERÊNCIA DO TEXTO.

AGORA, DEPOIS DE SE VER COMPLETAMENTE REFUTADO EM AMBAS AS PARTES E EM TODOS OS SENTIDOS, ELE TIROU LÁ DO FUNDO DA CARTOLA ALGO QUE ELE ESTAVA GUARDANDO PARA UMA “OCASIÃO OPORTUNA”, ALGO QUE ELE MESMO CONSIDEROU (NAS PALAVRAS DELE) COMO SENDO UM “XEQUE-MATE” EM MIM. BOM, DEPOIS DE VER O NÍVEL DO ÚLTIMO “XEQUE-MATE” QUE ELE ACHOU QUE DEU (E DEPOIS FOI COMPLETAMENTE REFUTADO PELO DICIONÁRIO, PELA BÍBLIA E PELO ORIGINAL GREGO) NÃO ME ADMIRA NEM UM POUCO QUE ELE CONSIDERE QUALQUER COISA (COMO ESTA ÚLTIMA “REFUTAÇÃO” DELE) COMO SENDO UM “XEQUE-MATE”. O MAIS ENGRAÇADO É QUE ENQUANTO ELE PENSA ESTAR DANDO UM “XEQUE-MATE” ATRÁS DO OUTRO, ELE NÃO PERCEBE QUE QUEM ESTÁ SENDO APUNHALADO É ELE MESMO DENTRO DAS SUAS PRÓPRIAS INFERÊNCIAS! OS IMORTAISTAS FRACASSAM DENTRO DA SUA PRÓPRIA LÓGICA! ALELUIA!!!

MAS VAMOS DIRETO AO TEXTO, PARA VERMOS QUÃO “IRREFUTÁVEL” É ESTE MAIS NOVO “XEQUE-MATE” DO PAULO SÉRGIO.

ELE DISSE:
“1. Imortalidade INATA. Esse tipo de imortalidade faz parte da própria essência de um ser; ou seja, este ser NÃO RECEBEU essa imortalidade de ninguém. Logicamente, um ser que possui esse tipo de imortalidade só pode ser AUTOEXISTENTE, ou seja, tal ser não teve um começo nem terá um fim. Evidentemente, o ÚNICO ser que possui a imortalidade inata (= autoexistência) é Deus.”

PERCEBA QUE TODO O ARGUMENTO DO PAULO SÉRGIO SE BASEIA DENTRO DE UMA FRACA PRESUNÇÃO DE QUE “INATO” SIGNIFICA “AUTOEXISTENTE”. ASSIM COMO NO OUTRO CASO (AQUELE MESMO, DO OUTRO “XEQUE-MATE”...) FOI FACILMENTE DERRUBADO DENTRO DE UM PEQUENO DETALHE QUE ELE NÃO PERCEBE (NO CASO, A DIFERENÇA FUNDAMENTAL ENTRE “SER” E “POSSUIR” QUE ELE NÃO LEVAVA EM CONSIDERAÇÃO), DA MESMA FORMA ESTE OUTRO “XEQUE-MATE” AQUI DELE (QUE NA VERDADE É UMA OUTRA DESESPERADA TENTATIVA DE DIZER QUE “IMORTALIDADE” SIGNIFICA “AUTOEXISTÊNCIA”) É FACILMENTE DESMONTADO A PARTIR DE UM OU OUTRO DETALHE SIMPLES QUE ELE FINGE NÃO PERCEBER (OU NÃO PERCEBE MESMO).

DESTA VEZ, A MODA DO PAULO SÉRGIO FOI AFIRMAR QUE “IMORTALIDADE INATA” IMPLICA EM “AUTOEXISTÊNCIA”, PRESUMIVELMENTE POR CRER QUE ALGO NÃO PODE SER INATO SENÃO SE FOR AUTOEXISTENTE. ORA, PARA DERRUBAR MAIS ESSA FALÁCIA (NOVAMENTE DAS MAIS BÁSICAS) EU NÃO PRECISO NEM ABRIR A BÍBLIA, BASTA ABRIR UM DICIONÁRIO DA LÍNGUA PORTUGUESA PARA VERMOS O QUANTO QUE O PAULO SÉRGIO ESTÁ INTEIRAMENTE EQUIVOCADO EM SUA PRESUNÇÃO SOBRE O QUE SIGNIFICA “INATO”. VEJAMOS:

Significado de “inato”:
Que está presente no nascimento.

UAU! VEJA COMO O ARGUMENTO TODO DO PAULO SÉRGIO É REFUTADO EM – ISSO MESMO – CINCO PALAVRINHAS!!! INFELIZMENTE O “DICIONÁRIO” QUE O PAULO SÉRGIO USA ESTA COM SÉRIOS PROBLEMAS DEFEITUSOS, POIS ELE NÃO TRAZ “AUTOEXISTÊNCIA” PARA “INATO”, MAS SIM ALGO QUE ESTÁ PRESENTE NO NASCIMENTO DE UM SER. BOM, ANTES EU PENSAVA QUE APENAS DO GREGO O PAULO SÉRGIO NÃO ENTENDIA MUITO BEM, MAS AGORA VEJO QUE NEM SEQUER DO PORTUGUÊS ELE ENTENDE MUITA COISA...

PARA ELE NÃO DIZER QUE EU ESTOU “FALSIFICANDO UM DICIONÁRIO”, EU VOU MOSTRAR PARA ELE MAIS VÁRIOS, VÁRIOS DICIONÁRIOS PARA VER SE ALGUM DELES MOSTRA ALGUMA VEZ O SIGNIFICADO DE “AUTOEXISTENTE” PRESENTE NO SIGNIFICADO DE “INATO”. VAMOS LÁ:

inato (i-na-to)
adj.
Que nasce conosco.

BOM, APARENTEMENTE ESTE DICIONÁRIO TAMBÉM NÃO DEVE GOSTAR MUITO DO PAULO SÉRGIO. MAS VAMOS TER ÂNIMO, TALVEZ UM DIA NÓS VAMOS ENCONTRAR UM DICIONÁRIO FALSIFICADO QUE MOSTRE QUE “INATO” SIGNIFIQUE “AUTOEXISTÊNCIA”! MAS, ENQUANTO NÓS VAMOS PROCURANDO ESTE TAL DICIONÁRIO FALSIFICADO QUE O PAULO SÉRGIO USA PARA ENGANAR FACILMENTE AS PESSOAS MAIS HUMILDES, EU VOU ABRINDO OUTROS DICIONÁRIOS DA LÍNGUA PORTUGUESA QUE IGUALMENTE NÃO DEVEM SER MUITO “FÃS” DO PAULO SÉRGIO:

Significado de Inato
adj. Que nasce conosco.

É... EU ACHO QUE NÃO TEM JEITO MESMO... INATO REALMENTE NÃO TEM SIGNIFICADO DE “AUTOEXISTENTE”! PARA VARIAR, O PAULO SÉRGIO FRACASSA DENTRO DA SUA PRÓPRIA LÓGICA QUANTO ÀQUILO QUE ELE ACREDITA SER O SIGNIFICADO DAS PALAVRAS. ENQUANTO NA NOSSA ÚLTIMA REFUTAÇÃO EU TIVE QUE MOSTRAR NO GREGO QUE “ATHANASIA” NÃO TEM NADA A VER COM “AUTOEXISTÊNCIA”, DESTA VEZ EU TENHO QUE MOSTRAR PARA ELE QUE “INATO” TAMBÉM NÃO TEM NADA A VER COM “AUTOEXISTÊNCIA”! CARO PAULO SÉRGIO, ATROPELANDO A LÍNGUA PORTUGUESA FICA MUITO FÁCIL PARA “PROVAR” A SUA TESE DA IMORTALIDADE DA ALMA, NÃO É MESMO? VAMOS TIRAR ALGUMAS RÁPIDAS CONCLUSÕES DESSA FANTÁSTICA “DESCOBERTA” QUE NÓS VIMOS NO DICIONÁRIO:

1) INATO, LONGE DE SIGNIFICAR “AUTOEXISTENTE”, SIGNIFICA APENAS ALGO QUE NASCE CONOSCO, ISTO É, QUE ESTÁ PRESENTE DESDE O NASCIMENTO. UMA VEZ SENDO QUE OS PRÓPRIOS IMORTALISTAS AFIRMAM COM TODO O ORGULHO NO PEITO DIZENDO QUE A ALMA ESTÁ PRESENTE DESDE O NOSSO NASCIMENTO (PELO MENOS EU NUNCA VI UM IMORTALISTA AFIRMAR QUE NÓS GANHAMOS UMA ALMA COM TRINTA OU QUARENTA ANOS) TORNA-SE ÓBVIO QUE NÓS, SERES HUMANOS, TAMBÉM SERÍAMOS DETENTORES DE IMORTALIDADE INATA CASO NÓS REALMENTE TIVÉSSEMOS UMA ESPÉCIE DE ‘ALMA IMORTAL’ EM NOSSO SER.

AFINAL, O CATECISMO CATÓLICO AFIRMA EXPLICITAMENTE ISSO E, APESAR DE EU NÃO SABER QUAL É A RELIGIÃO DO PAULO SÉRGIO, NÃO CREIO QUE ELE PENSE DIFERENTE DISTO. OBVIAMENTE ELE ACREDITA (OU ACREDITAVA ATÉ HOJE, TALVEZ DEPOIS DISSO DAQUI ELE INVENTE DE MUDAR DE IDEIA PARA SALVAR AS TEORIAS DELE) QUE A ALMA ESTÁ PRESENTE DESDE O NOSSO NASCIMENTO. ISSO EXCLUI TODO O DUALISMO DE CORPO E ALMA QUE O PAULO SÉRGIO QUER NOS FORÇAR A ACEITAR; POIS, SE A ALMA ESTÁ PRESENTE CONOSCO DESDE O NOSSO NASCIMENTO, ENTÃO DE ACORDO COM O DICIONÁRIO NÓS POSSUIRÍAMOS TAMBÉM UMA “IMORTALIDADE INATA”! É ÓBVIO QUE NÓS NÃO POSSUÍMOS TAL IMORTALIDADE (QUE NÃO TEM NADA A VER COM “AUTOEXISTÊNCIA”), PORQUE DEUS É O ÚNICO A POSSUÍ-LA (1Tm.6:16)!

2) O PAULO SÉRGIO, NÃO CONTENTE EM ATROPELAR O SIGNIFICADO DE “INATO”, DECIDIU TAMBÉM ATROPELAR O SIGNIFICADO DE “ESSÊNCIA”. PARA ELE, ISSO TAMBÉM DEVE SIGNIFICAR ALGUM TIPO DE “AUTOEXISTÊNCIA”, POIS ELE DIZ QUE “ESTE TIPO DE IMORTALIDADE FAZ PARTE DA PRÓPRIA ESSÊNCIA DE UM SER” E QUE, POR ISSO, ELE CONCLUI DIZENDO QUE “LOGICAMENTE ESTE SER TEM QUE SER AUTOEXISTENTE”. AGORA A PERGUNTA QUE FICA É: SERÁ MESMO QUE “ESSÊNCIA” REMETE DE ALGUMA MANEIRA A “AUTOEXISTÊNCIA”? BOM, EMBORA NA IMAGINAÇÃO DO PAULO SÉRGIO ELA POSSA SIGNIFICAR QUALQUER COISA, PELO MENOS NA LÍNGUA PORTUGUESA AS COISAS NÃO SÃO BEM ASSIM NÃO:

Significado de Essência
s.f. O que constitui a natureza de um ser.

UAU! NOVAMENTE VEMOS QUE O DICIONÁRIO DESMENTE COMPLETAMENTE “ESSÊNCIA” DE SER ALGO DO TIPO DE “AUTOEXISTENTE”! O NOSSO IRMÃO PAULO SÉRGIO NÃO DEVE SABER, MAS PARA ALGO FAZER PARTE DA ESSÊNCIA DESTE ALGUÉM, ESTE ALGUÉM NÃO PRECISA DE MODO ALGUM SER “AUTOEXISTENTE”! ISSO PODE SER UM “CHOQUE” PARA ELE, MAS CERTAMENTE NÃO É PARA UM DICIONÁRIO DA LÍNGUA PORTUGUESA. MAS PARA ELE NÃO DIZER QUE AQUELE DICIONÁRIO É DO DEMÔNIO E QUE O ACHISMO DELE É QUE ESTÁ CERTO, ENTÃO EU ACHO MAIS LEGAL QUE EU PASSE MAIS DICIONÁRIOS PARA ELE VER E ACOMPANHAR OS RESULTADOS:

Significado de “essência”:
A natureza própria a uma coisa.

BOM, EU VOU POUPAR UM POUCO O PAULO SÉRGIO DE FICAR PASSANDO MILHARES E MILHARES DE DICIONÁRIOS, ATÉ PORQUE A GENTE CHEGARIA SEMPRE NA MESMA CONCLUSÃO E JAMAIS ÀS “CONCLUSÕES” QUE O PAULO SÉRGIO CHEGA ATRAVÉS DOS “RACIOCÍNIOS” DELE. PORTANTO, VAMOS DIRETO AS CONCLUSÕES QUE SÃO INTRÍCECAS A TODO ESTE CONJUNTO DE INFORMAÇÕES:

EM PRIMEIRO LUGAR, INATO NÃO SIGNIFICA SER AUTOEXISTENTE. PARA ALGO SER INATO ELE PRECISA APENAS ESTAR PRESENTE COM ELE DESDE O MOMENTO DO NOSSO NASCIMENTO, E É EXATAMENTE ESTE O QUADRO QUE OS PRÓPRIOS IMORTALISTAS NÃO MOSTRAM COM RELAÇÃO À ALMA HUMANA. UM POUCO DE EXEGESE E DE CONCORDÂNCIA NOMINAL NÃO VAI MATAR NINGUÉM (EMBORA POSSA MATAR UMA HERESIA DA IMORTALIDADE DA ALMA). COMO O PRÓPRIO DICIONÁRIO ATESTA E CONFIRMA, “INATO” É AQUILO QUE ESTÁ PRESENTE DESDE O NASCIMENTO:

“...Que está presente DESDE o nascimento”

PERCEBA QUE O DICIONÁRIO ATESTA QUE INATO É AQUILO QUE ESTÁ PRESENTE “DESDE” O NASCIMENTO, OU SEJA, “A PARTIR DO” NASCIMENTO. ELE NÃO LEVA EM CONSIDERAÇÃO UM PERÍODO ANTERIOR A ISSO, COMO SERIA NO CASO DE IMPLICAR NECESSARIAMENTE EM ALGO ETERNO. O DICIONÁRIO DIZ “DESDE” O NASCIMENTO, E NÃO “ANTES” DO NASCIMENTO! PARA O PAULO SÉRGIO, O DICIONÁRIO DEVERIA TER DITO MAIS OU MENOS DESTE JEITO:

“...Que está presente ANTES do nascimento”

OU ENTÃO:

“...Que está presente somente em alguém que é ‘autoexistente’”!

INFELIZMENTE PARA O PAULO SÉRGIO, TUDO AQUILO QUE O DICIONÁRIO DIZ É SIMPLESMENTE QUE A PARTIR DO NASCIMENTO DE ALGUMA PESSOA, ALGUMA COISA JÁ ESTÁ COM ELA. UM POUCO DE EXEGESE BÍBLICA NÃO FAZ MAL A NINGUÉM, E VEMOS QUE O TERMO “INATO” NÃO IMPLICA QUE ESTE ALGO OU ALGUÉM DEVA EXISTIR ETERNAMENTE E NEM QUE TENHA SIDO “AUTOCRIADO”. EM SEGUNDO LUGAR, PARA ALGO FAZER PARTE DA ESSÊNCIA DE ALGUÉM TAMBÉM NÃO PRECISA QUE ESTE ALGUÉM SEJA UM SER ETERNO OU AUTOEXISTENTE, MAS BASTA APENAS QUE FAÇA PARTE DA NATUREZA DESTE ALGUÉM.

ORA, AGORA É SÓ USARMOS A CABEÇA UM POUQUINHO. SERÁ QUE OS IMORTALISTAS NÃO DIZEM QUE NÓS TEMOS A IMORTALIDADE EM NOSSA ESSÊNCIA, UMA VEZ QUE ELES DIZEM QUE A ALMA É IMORTAL E FAZ PARTE DA NATUREZA HUMANA? É EXATAMENTE ESTA A QUESTÃO! A ESSÊNCIA É ALGO QUE FAZ PARTE DA PRÓPRIA NATUREZA DE ALGUÉM, E OS IMORTALISTAS DIZEM QUE A ALMA FAZ PARTE DE NOSSA NATUREZA. PORTANTO, SE A ALMA É IMORTAL, ENTÃO A IMORTALIDADE FAZ PARTE DE NOSSA PRÓPRIA NATUREZA E, PORTANTO, DE NOSSA ESSÊNCIA!

INFELIZMENTE O IMORTALISMO IMPEDE ALGUMAS PESSOAS DE RACIOCINAREM (E DE ABRIREM UM DICIONÁRIO), PORQUE SE FIZESSEM ISSO ABRIRIAM MÃO NA MESMA HORA DESTA ABERRAÇÃO DE DOUTRINA QUE PREGA QUE OS PECADORES SERÃO ETERNAMENTE ATORMENTADOS EM UM VERDADEIRO LAGO DE FOGO E ENXOFRE SEM FIM, PAGANDO INFINITAMENTE POR PECADOS E TRANSGRESSÕES FINITAS! ORA, QUE TIPO DE DEUS É ESSE QUE SE DIZ TOTALMENTE JUSTO, SE PUNE UM PECADOR COM UM TORMENTO INIFINITO POR PECADOS QUE NÃO PASSARAM DE POUCAS DÉCADAS (OU NEM ISSO!)?

COMO DEUS SERIA A PLENITUDE DO AMOR, SE CONDENASSE SEM MISERICÓRDIA UM ÍMPIO ETERNAMENTE ENTRE AS CHAMAS DE FOGO, QUANDO NEM A PIOR DAS CRIATURAS HUMANAS SERIA CAPAZ DE FAZER UMA COISA DESSAS NEM SEQUER COM O SEU PIOR INIMIGO? NÃO SERIA MAIS JUSTO QUE CADA UM PAGASSE EXATAMENTE A QUANTIA EXATA QUE CONDIZ COM OS SEUS PRÓPRIOS PECADOS? SIM, EXATAMENTE ISSO É O JUSTO! E – PARA VARIAR NOVAMENTE – É EXATAMENTE ESTE O QUADRO QUE A BÍBLIA NOS MOSTRA:

Lucas 12
47 Aquele servo que conhece a vontade de seu senhor e não prepara o que ele deseja, nem o realiza, receberá MUITOS AÇOITES.
48 Mas aquele que não a conhece e pratica coisas merecedoras de castigo, receberá POUCOS AÇOITES. A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido.

VEJA QUE A MEDIDA DE AÇOITES QUE OS NÃO-SALVOS LEVARÃO NÃO É DE ALGO “ETERNO” OU “INFINITO”, MAS SIM DE ALGO QUE PODE SER DE “MUITOS” OU “POUCOS” AÇOITES! ORA, É IMPOSSÍVEL E UM ABSURDO QUE ALGUÉM POSSA LEVAR “POUCOS” AÇOITES MAS QUE, MESMO ASSIM, AINDA FIQUE ETERNAMENTE SOFRENDO EM UM LAGO DE FOGO, O QUE JAMAIS IRIA CONDIZER COM A CARACTERIZAÇÃO DE “POUCO”, POIS JAMAIS O INFINITO PODE SER CONSIDERADO “POUCO”! EM CIRCUNSTÂNCIA ALGUMA!

INFELIZMENTE O MEU OBJETIVO AQUI NÃO É DE DAR DOR NA CABEÇA DO PAULO SÉRGIO COM TODAS AS EVIDÊNCIAS BÍBLICAS QUE COMBATEM COM VIOLÊNCIA A TEORIA DA IMORTALIDADE DA ALMA (SE FOSSE PARA ISSO EU TERIA MOSTRADO AQUI AS MINHAS 220 TESES BÍBLICAS CONTRA A IMORTALIDADE DA ALMA QUE EU COLOQUEI NO MEU LIVRO SOBRE O TEMA), MAS SIM MOSTRAR QUE TODAS AS TENTATIVAS DO PAULO SÉRGIO EM REFUTAR AS EVIDÊNCIAS ESMAGADORAS PRÓ-MORTALISMO EM CIMA DO TEXTO BÍBLICO DE 1TIMÓTEO 6:16 SÃO MAIS DO QUE FRUSTRANTES – SÃO DEPRIMENTES.

PARA ISSO ELES SÃO FORÇADOS A NECESSARIAMENTE ABRIREM MÃO DA LÓGICA, DO BOM SENSO, DO DICIONÁRIO (E DA BÍBLIA) E DE INVENTAREM CONCEITOS INEXISTENTES E COMPLETAMENTE OMITIDOS EM QUALQUER ESPÉCIE DE DICIONÁRIO! ONDE FOI QUE O PAULO SÉRGIO “DESCOBRIU” QUE ATHANASIA SIGNIFICA AUTOEXISTÊNCIA??? ONDE FOI QUE O PAULO SÉRGIO “DESCOBRIU” QUE INATO SIGNIFICA “AUTOEXISTÊNCIA”??? ONDE FOI QUE O PAULO SÉRGIO “DESCOBRIU” QUE ESSÊNCIA SIGNIFICA “AUTOEXISTÊNCIA”???

BOM, ISSO SÓ MESMO O PRÓPRIO PAULO SÉRGIO PODERÁ NOS RESPONDER, MAS PODEMOS INFERIR COM ABSOLUTA CONVICÇÃO QUE CERTAMENTE NÃO FOI NEM DO DICIONÁRIO E MUITO MENOS DA BÍBLIA, PORQUE AMBOS DETONAM COM AS “INTERPRETAÇÕES” DELE QUE ESTÃO CADA VEZ PIORES. QUALQUER UM QUE ESTUDE UM POUQUINHO (E TAMBÉM QUALQUER UM QUE NUNCA ESTUDOU NA VIDA) SABE QUE EXISTENTE UMA MONUMENTAL DIFERENÇA ENTRE ALGO ETERNO E ALGO IMORTAL.

-ETERNO É ALGO QUE NUNCA TEVE INÍCIO, E QUE NUNCA TERÁ FIM.
-IMORTAL É AQUILO QUE NÃO MORRE.

SE ANALISAMOS MAIS PROFUNDAMENTE A PRIMEIRA PALAVRA (ETERNO), TERÍAMOS QUE NECESSARIAMENTE ABORDAR O PERÍODO ANTES DO ‘HOJE’ E TAMBÉM ANTES DA ÉPOCA DO ‘NASCIMENTO’. DEVERÍAMOS OBVIAMENTE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO TODO O PERÍODO DE ETERNIDADE PASSADA (BEM COMO O PERÍODO DE ETERNIDADE FUTURA). TERÍAMOS QUE TER EM MENTE NÃO SOMENTE QUE UM SER NÃO MORRE, MAS TAMBÉM QUE ELE NUNCA VEIO A TER EXISTÊNCIA, POIS É EXATAMENTE NISSO QUE CONSISTE A “ETERNIDADE”.

JÁ COM RELAÇÃO À IMORTALIDADE, EXISTE UMA ENORME DIFERENÇA, POIS ALGO PODE SER IMORTAL SEM SER NECESSARIAMENTE ETERNO. NÃO EXISTE NENHUM DICIONÁRIO E NENHUM LÉXICO QUE DIGA QUE PARA ALGO SER IMORTAL ELE TEM QUE SER ETERNO OU AUTOEXISTENTE. ISSO SIMPLESMENTE NÃO EXISTE! PARA ALGO SER IMORTAL ELE NÃO TEM QUE SER NADA A MAIS DO QUE ISSO – NÃO MORRER! COMO A PRÓPRIA PALAVRA DIZ POR SI MESMA, “IMORTAL” É A JUNÇÃO DA NEGAÇÃO “I” COM O “MORTAL”, OU SEJA, AQUILO QUE “NÃO-MORRE”. O PAULO SÉRGIO PRECISA URGENTEMENTE COLOCAR ALGUNS PONTOS BÁSICOS DENTRO DO “RACIOCÍNIO” DELE:

-AQUILO QUE NÃO MORRE NÃO SIGNIFICA QUE É AUTOEXISTENTE.
-AQUILO QUE NÃO MORRE NÃO SIGNIFICA QUE É NECESSARIAMENTE ETERNO.
-AQUILO QUE NÃO MORRE SIGNIFICA APENAS QUE (INDEPENDENTEMENTE DE TER OU NÃO TER UM INÍCIO) NÃO TERÁ JAMAIS UM FIM.

AGORA VAMOS PARA AS CONCLUSÕES DESTE ESTUDO:

-NA TEOLOGIA IMORTALISTA, A ALMA SERIA IMORTAL.
-NA TEOLOGIA IMORTALISTA, NÓS POSSUÍMOS UMA ALMA.
-PORTANTO, NÓS POSSUÍMOS A IMORTALIDADE.

ENTRETANTO, NA TEOLOGIA BÍBLICA...

-DEUS É O ÚNICO QUE POSSUI A IMORTALIDADE.

POR MAIS QUE SE TENHAM SIDO FEITAS INÚMERAS TENTATIVAS (UMA MAIS INÚTIL QUE A OUTRA) PARA TENTAR DESESPERADAMENTE SUPERAR AS EVIDÊNCIAS EM TORNO DO FAMOSO TEXTO DE 1TIMÓTEO 6:16, VEMOS QUE TODOS ELES FALHAM EM INÚMEROS PONTOS, PORQUE:

-É APENAS FRUTO DO DESESPERO.

-DISCORDAM ABSOLUTAMENTE DOS LÉXICOS DO GREGO.

-ATRIBUI INCOERÊNCIA COM OUTROS TEXTOS BÍBLICOS EM QUE A MESMA PALAVRA “ATHANASIA” É CLARAMENTE APLICADA A SERES HUMANOS.

-ATROPELA E DESTRÓI TOTALMENTE A CREDIBILIDADE DE QUALQUER DICIONÁRIO DA LÍNGUA PORTUGUESA QUE ABSOLUTAMENTE SEMPRE DERRUBA COM AS PRETENÇÕES DOS IMORTALISTAS.

-CONFUNDEM “INATO” COM “AUTOEXISTENTE”, ALGO QUE NÃO TEM NADA A VER.

-CONFUNDEM “ESSÊNCIA” COM “AUTOEXISTENTE”, ALGO QUE NÃO TEM NADA A VER.

-PRESUME QUE PAULO (APÓSTOLO) ERA INCOERENTE EM PREFERIR APLICAR UMA PALAVRA QUE PODERIA CAUSAR “CONFUSÃO” (ATHANASIA) POIS SIGNIFICA APENAS QUE “ALGO NÃO MORRE”, AO INVÉS DE USAR AS PALAVRAS TOTALMENTE DISPONÍVEIS A ELE E QUE FAZEM JUZ ÀS ALEGAÇÕES DOS IMORTALISTAS, TAIS COMO “AUTOEXISTENTE”, “INCRIADO”, “ETERNO”, ETC. PAULO NÃO QUIS LANÇAR MÃO DE NENHUMA DESSAS OPÇÕES E DE NENHUMA OUTRA, MAS PREFERIU DIZER REALMENTE QUE DEUS É O ÚNICO SER QUE POSSUI EM SI MESMO ALGO QUE NÃO PODE JAMAIS MORRER.

BOM, DEPOIS DESSA DAQUI EU ESTOU COMPLETAMENTE “ANCIOSO” PARA VER QUAL SERÁ A PRÓXIMA “BOMBA” QUE O PAULO SÉRGIO TEM A NOS MOSTRAR (OU MELHOR, QUAL O NÍVEL DO PRÓXIMO “XEQUE-MATE”), PORQUE INFELIZMENTE AQUILO QUE ELE CHAMA DE “XEQUE-MATE” NÃO É NA REALIDADE SENÃO O FRUTO DE ALGO PLENAMENTE REFUTÁVEL E QUE SÓ ENGANA INCAUTOS QUE NÃO TEM NEM SEQUER A VONTADE OU DISPOSIÇÃO MENTAL DE CONFERIR AS COISAS EM UM DICIONÁRIO PARA VER SE AS COISAS QUE ESTE SUJEITO ANDA DIZENDO SÃO MESMO VERDADEIRAS OU NÃO.

TODAS AS EVIDÊNCIAS DESTE DEBATE SÓ LEVAM A UM ÚNICO E VERDADEIRO PONTO, DEPOIS DE VER DERRUBADOS TODOS OS “XEQUES-MATE” DO OPONENTE E TAMBÉM DEPOIS DE NÃO VER REFUTAÇÃO A ABSOLUTAMENTE NADA DAQUILO QUE EU PASSEI AO LONGO DE TODO ESTE DEBATE: QUE A PASSAGEM DE 1TIMÓTEO 6:16 CONSTITUI-SE EM UMA FORTÍSSIMA E IRREFUTÁVEL PROVA DE QUE NÓS NÃO POSSUÍMOS UMA ALMA IMORTAL, E QUE A TEORIA GREGO-PLATÔNICA DA “IMORTALIDADE DA ALMA” É A MAIOR LENDA QUE JÁ EXISTIU EM TODOS OS TEMPOS.

ALGUÉM PRECISA URGENTEMENTE AVISAR AO PAULO SÉRGIO QUE OS “XEQUES-MATE” DELE NÃO ESTÃO COM NADA... (E QUE VENHA O PRÓXIMO!).

AMIGAVELMENTE,
LUCAS BANZOLI.