Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ENQUETE
Qual a sua religião?
Evangélico
Católico
Testemunha de Jeová
Espírita
Ateu
Mórmom
Macumbeiro
Satanista
Ver Resultados






Partilhe este Site...


CATOLICISMO OU PAGANISMO? (P4)
CATOLICISMO OU PAGANISMO? (P4)

.

 

AS ALIANÇAS PROFANAS DO CATOLICISMO

 

“Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo? Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo” (2 Coríntios 6:14 ao 16)

 

É fato provado tanto historicamente como por atitudes na atualidade, que o Catolicismo Romano possui e promove alianças ecumênicas com varias crenças, seitas e cultos demoníacos ao redor do mundo. Tais atitudes defendidas e promovidas pela liderança católica não visam promover a paz ou comunhão, mas favorecer relações políticas que possam lhes ser lucrativas.

 

Nesta matéria mostraremos em detalhes o porquê não devemos apoiar o ecumenismo promovido por varias seitas e que esta pratica é anti-biblica e fruto dos planos satânicos do inferno.

 

A Palavra de Deus não nos ensina a nos misturarmos com outras religiões, ao contrario, nos ordena a não manter comunhão alguma com religiões que pregam outros deuses, dos quais a Bíblia os classifica como sendo abominações e demônios.

 

Em todo o Antigo e Novo Testamento encontramos repreensões contra a associação com outras religiões.

 

"Não terás outros deuses diante de mim" (Êxodo 20:3)

 

"E, em tudo que vos tenho dito, guardai-vos; e do nome de outros deuses nem vos lembreis, nem se ouça da vossa boca" (Êxodo 23:13)

 

Muitos podem até afirmar que esta visão é radical e desumana. Que como cristãos devemos aceitar outras culturas e religiões. Que devemos nos unir como uma grande fraternidade global. No entanto tal idéia não é mostrada na Bíblia. Nem tão pouco ensinada por Cristo. Pessoas que não lêem a Bíblia e não conhecem seus ensinamentos tendem a acreditar que “amor” seria aceitar todas as diferenças, mas esta filosofia é no mínimo inspirada nos conceitos dos movimentos de Nova Era que por sua vez preparam o reinado do Anticristo onde segundo as profecias bíblicas haverá uma falsa paz e harmonia promovida pelo diabo,

 

“Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada" (Mateus 10:34)

 

Em nenhum momento nos ensinamentos de Cristo é passado que devemos respeitar outras crenças ou mesmo manter comunhão com quem as pratica. Ao contrario disso vemos que devemos condenar tais cultos e expor através da visão bíblica quais seriam as verdades de Deus.

 

"E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as" (Efésios 5:11)

 

Devemos entender então que amor divino ou mesmo amor cristão não é passar a mão na cabeça das pessoas e dizer; “Está tudo bem! Deus te aceita da maneira que você é!” Não importa os seus vícios, deformações de personalidade ou demônios que você admira e adora! Venha para a igreja da forma que quiser e seremos irmãos!”

 

Tais afirmações até seriam cabíveis no Catolicismo, mas o Evangelho pregado por Cristo e seus apóstolos é uma palavra de transformação, de abandono da iniqüidade e compromisso com um único Deus. O que passar disso é de procedência maligna.

 

Mas por que o Catolicismo não esta preocupado com a visão Bíblica sobre fazer alianças com outros cultos e deuses? Por que a Igreja Romana encoraja estas praticas?

 

Simples! Porque a mesma não está preocupada em seguir as doutrinas bíblicas e sim seus dogmas e regras que são alterados e substituídos sempre que lhes parece proveitoso.

 

Mesmo os lideres desta seita ou os chamados papas apóiam claramente esta falsa paz chamada de ecumenismo.

 

Vários "apologistas" católicos defendem estas alianças profanas com toneladas e mais toneladas de expressões filosóficas e ideológicas dizendo; “Não estamos fazendo isso! Isso é conversa de protestantes!”

 

Mas a verdade não pode ser negada. Não importa como eles chamam estas atitudes que estão tomando, a Bíblia as chama de abominação.

 

A Igreja Católica esta realmente prostituindo o Evangelho de Cristo com deuses (demônios) de outras nações, os quais sempre se opuseram ao Senhor.

 

O Catolicismo em nada parece estar preocupado com as suas atitudes perante os seus “fiéis”, pois não existem justificativas plausíveis biblicamente para explicar os seus desavergonhados atos de confusão. Suas alianças religiosas e políticas só contribuem para a alienação dos que afirmam seguir esta seita hipócrita.

 

Afinal qual é a religião verdadeira para um católico romano? Qual é o deus verdadeiro para um fiel da “santa igreja?” A quem eles devem se curvar e adorar?

 

Na foto a seguir vemos a “suma liderança católica” beijando o Alcorão (Assis 1986). Como justificar tais atitudes? Qual o livro sagrado que se deve reverenciar afinal? 

 

Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis.

2 João 1:10

 

Na foto acima, o papa João Paulo II aparece beijando publicamente o Alcorão, um livro que:

 

1. Prega que os cristãos são idólatras e que os idólatras tem que ser exterminados por eles, incentivando a violência e o ódio contra os não muçulmanos, cristãos e judeus - "... Matai os idolatras onde quer que os encontreis..." (Sura 9:5).

 

2. Prega que Jesus NÃO era o Cristo; que ele NÃO morreu crucificado (mas Judas morreu em seu lugar!); que ele NÃO ressuscitou ao terceiro dia; que ele NÃO é Deus e que ele NÃO é o nosso Salvador!

 

3. Prega um "paraíso islâmico" onde existem prazeres puramente sexuais com sete virgens para um só homem que ao manterem relações sexuais voltam a serem virgens novamente. Curiosamente só existem promessas deste tipo para os homens!

 

4. Despreza a salvação mediante a fé em Cristo Jesus e prega a salvação por obras.

 

E é este o tipo de livro que o papa João Paulo II aparece beijando e reverenciando - um livro que manda matar os cristãos, que chama os mesmos de idólatras e que é uma total BLASFÊMIA contra a obra de Cristo!

 

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS SOBRE ISSO NA MATÉRIA: "O PAPA E O ALCORÃO"

 

Dados estes esclarecimentos não é correta a posição Católica e de outras igrejas ao promoverem este estranho relacionamento ecumênico. Não é correto reverenciar um livro que nos expõe outras doutrinas diferentes das que recebemos. 

 

O perigo de tal atitude é que as outras religiões são colocadas e reconhecidas como sendo um caminho válido não somente para a paz mas para o céu. Contrastando com a visão bíblica onde somente Cristo pode salvar. 

 

Porem não é somente com o Islamismo que o Catolicismo tem firmado alianças e acordos. Vemos hoje as mesmas atitudes de prostituição com os ídolos pagãos se repetirem em qualquer direção, voltadas a qualquer crença ou fé. Basta ser lucrativo para a cúria romana para que os "laços fraternos" do ecumenismo abracem tal crença. 

 

O papa João Paulo II permitiu que uma sacerdotisa hindu fizesse a tradicional marca de Shiva (ou Xiva) em sua fronte. Logicamente, esse evento chama a atenção de qualquer pessoa que creia nas profecias bíblicas. No livro do Apocalipse, o Falso Profeta, o líder da nova religião global do Anticristo, faz os habitantes do mundo aceitar uma marca, ou na fronte, ou na mão direita. Portanto, é um fato importante quando uma sacerdotisa pagã faz uma marca na fronte do Papa! 

 

 

O papa João Paulo II desafiou as solenes palavras de Jesus Cristo quando deu credibilidade e validade à religião pagã de Shiva. O papa está negando, por suas ações, que o cristianismo é a única religião válida na Terra. Mas ele está fazendo muito mais: está desafiando o mandamento de Deus em Jeremias 10:2: "Assim diz o SENHOR, não aprendais o caminho dos gentios". 

 

"De acordo com o livro Gods of the New Age (Deuses da Nova Era), de Caryl Matrisciana, o adoradores de Shiva são 'reconhecidos pelas três linhas horizontais pintadas em suas frontes. Esses discípulos do deus Shiva consideram a loucura — um dos atributos de Shiva — um dos níveis mais altos de espiritualidade! Muitos hindus acreditam que a insanidade é uma forma de consciência do deus'."

 

A religião de Shiva é totalmente satânica e adora seu deus por meio do sexo tântrico.

 

Por meio desse ato de aceitar a marca na sua fronte, o papa sinalizou sua aceitação de Shiva como uma religião tão válida quanto o cristianismo.

 

Para ler uma matéria mais clara sobre este assunto e a religião de Shiva referimos este link: http://www.espada.eti.br/n1161.asp

 

Em inúmeras outras situações encontramos os papas ou lideres católicos reverenciando cerimônias e rituais reprovados pelas Escrituras Sagradas.

 

Nas fotos a seguir vemos o papa recebendo pasces e encantamentos de lideres indígenas. é necessário lembrar aqui que tais indígenas adoram outros deuses completamente diferentes do Deus vivo mostrado na Bíblia o qual exige reverencia e adoração somente para si. Neste caso se o papa é realmente um seguidor de Cristo e da Bíblia porque comente esta tamanha blasfêmia?

 

“Não terás outros deuses diante de mim” (Êxodo 20:3)

 

"E, em tudo que vos tenho dito, guardai-vos; e do nome de outros deuses nem vos lembreis, nem se ouça da vossa boca." (Êxodo 23:13)

 

Em outra ocasião em união com uma Sinagoga, uma mulher nua faz leitura e JP II bebe líquido oferecido a ídolos.

Ainda que para alguns o ecumenismo proposto pela Igreja Católica pareça ser algo bom e louvável, todavia segundo o Evangelho de Cristo e a Bíblia este movimento contribui de forma objetiva com a degradação e mistura do evangelho genuíno com os ritos pagãos de outras seitas.

 

 

A Igreja Católica apenas está fazendo o que sabe fazer de melhor, misturar o Evangelho bíblico a tal ponto que não se consiga mais diferenciar o que é cristianismo de paganismo.

 

 

 

Esta não é e nunca será a visão de Deus. Somente nas Escrituras encontramos as respostas corretas e não em conselhos e dogmas católicos. Nos deixemos guiar pela verdadeira Palavra de Deus. 

 

"Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso? Acaso, meus irmãos, pode a figueira produzir azeitonas ou a videira, figos? Tampouco fonte de água salgada pode dar água doce" (Tiago 3:11, 12)

 

"Não seguireis outros deuses, os deuses dos povos que houver à roda de vós" (Deuteronômio 6:14)

 

 "Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios" (1 Coríntios 10:21)

 

 

----------------------------------------------------------------------------

Por: Pastor Samuel Yakov (com acréscimos meus).

 

Este é um trabalho do Pastor Samuel Yakov sobre o paganismo reinante na Igreja Romana e o desvio que esta igreja teve ao longo dos séculos, prostituindo-se com ídolos e sincretismos pagãos. Recomenda-se também conferir as outras quatro partes que compõem a obra. 

 

Clicando em ENVIAR CARTA, no menu esquerdo, você pode comentar, criticar ou debater sobre o assunto com o autor do site.

 

 

Curta no Facebook para estar por dentro das atualizações: