Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ENQUETE
Qual a sua religião?
Evangélico
Católico
Testemunha de Jeová
Espírita
Ateu
Mórmom
Macumbeiro
Satanista
Ver Resultados






Partilhe este Site...


DEBATE SOBRE A IMORTALIDADE DA ALMA (2)
DEBATE SOBRE A IMORTALIDADE DA ALMA (2)

DEBATE SOBRE A IMORTALIDADE DA ALMA

 

LUCAS BANZOLI X PAULO SÉRGIO DE ARAÚJO

 

Este é um debate que eu tive com um defensor da herética doutrina da imortalidade da alma, após algumas pessoas insistirem para que eu debatesse com ele, porque ele seria (nas palavras deles, é claro) o “maior perito no tema da imortalidade da alma no Brasil”, que já escreveu alguns livros sobre o tema e já teve alguns debates “por aí”. Por causa dessa propaganda toda, eu me empolguei bastante pensando que finalmente eu encontraria alguém “inteligente” o suficiente para refutar os meus argumentos, ou pelo menos para tentar fazer isso. É claro que eu não pedi para ele refutar os meus quase um milhão de caracteres do meu livro "A Lenda da Imortalidade da Alma" (pois isso seria covardia de minha parte); por isso, testei se ele seria capaz de sustentar uma contra-argumentação em um artigo dele mesmo com relação a uma única passagem bíblica, de 1Timóteo 6:16, que diz que Deus é o único que possui a imortalidade. O meu raciocínio foi muito simples:

 

1. Deus é o único que possui a imortalidade.

2. Se Deus é o único que possui a imortalidade, então nós não possuímos a imortalidade.

3. Logo, nós não possuímos uma alma imortal.

 

Este é um raciocínio básico e simples, que qualquer criancinha do ensino primário consegue entender facilmente. Se nós possuíssemos uma ‘alma imortal’, então nós possuiríamos a imortalidade e, desta forma, Deus não seria o único a possuí-la. Com efeito, o fato de Deus possuir a imortalidade elimina as chances de que nós também fôssemos detentores dela, supostamente na forma de um elemento imortal que teria sido implantado em nosso ser. Mas infelizmente algumas pessoas insistem em deturpar a lógica e o bom senso, inventando as teorias mais mirabolantes e plantando até bananeira para confundir o povo e contradizer o ÓBVIO das Escrituras. Ao invés de seguir essa lógica óbvia na passagem, deixando o texto fluir naturalmente, o Paulo Sérgio veio com a “fantástica” ideia super-extraordinária de dizer que a imortalidade ali significa, na verdade, “autoexistência”.

 

Bom, daí dá pra ter uma ideia daquilo que aconteceu depois no debate.

 

Boa leitura a todos e, principalmente, BOA DIVERSÃO!

 

CLIQUE AQUI PARA VER A PRÉVIA DO DEBATE

 

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR A PRIMEIRA PARTE DO DEBATE

 

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR A SEGUNDA PARTE DO DEBATE

 

 

LUCAS BANZOLI X JOSÉ CARLOS

 

Depois que o Paulo Sérgio de Araújo fez uso de todo o seu arsenal de “cartas na manga” em que ele acha que pega algum bobo ou desprevenido, ele decidiu tomar a melhor atitude que ele deveria ter feito – FUGIR, claro! Afinal, depois de se ver completamente refutado em seu primeiro “xeque-mate” e em seguida lançar um “outro xeque-mate” e ser completamente refutado neste também, não existiria nenhuma atitude mais honrosa do que essa.

 

Mas o Paulo Sérgio pode até ser derrubado, porque ele tem os seus discípulos. Sim, isso mesmo. Um de seus “discípulos”, inconformado com a derrota de seu “mestre”, decidiu continuar o debate que o Paulo Sérgio tinha fugido, achando que conseguiria chegar a algum lugar e “salvar a honra” de seu mestre, fazendo de conta que os seus pseudo-argumentos faziam algum sentido.

 

Esse foi mais triste.

 

Além de não me refutar em absolutamente nada daquilo que eu argumentava (o que não lhe impedia de ficar papagueando as mesmas asneiras de antes), ele insistia em fazer aquilo que ele sabe de melhor, isto é, caluniar e difamar o oponente (no caso, eu). Este fake – de nome “José Carlos” – caluniou, caluniou e continuou caluniando ao longo de TODO o debate, primeiramente me acusando moralmente, e depois me acusando de plágio. Obviamente não conseguiu provar absolutamente NENHUMA de suas calúnias, foi completamente refutado em todas elas, mas mesmo assim prosseguia com os seus argumentos ad hominem o tempo INTEIRO, toda hora focando unicamente em atacar o caráter do adversário a fim de rebaixá-lo; não tem a menor capacidade argumentativa e quando é refutado volta com as mesmas asneiras de antes e com os argumentos ad hominem.

 

É um caluniador sem provas e sem moral, que não se cansa de injuriar os outros. Depois de ser esmagado pelas forças dos argumentos, não contra-argumenta nada e repete as mesmas papagueadas de antes. Reclama das respostas longas quando ele mesmo pede desculpas por ter escrito bastante(!), defende os que chamam os outros de “incauto” mas reclama quando eu faço uso de palavras muito menos ofensivas do que essa. Depois de abusar e abusar cada vez mais da minha boa vontade, eu o adverti sucessivamente a cada instante, e ele mesmo assim continuava com as suas práticas de vandalismo, calúnia e difamação. Veja todo o conteúdo completo de suas calúnias aqui na lista negra dos excluídos. Pra quem quiser ver este cidadão pagando mico ao tentar salvar a pele de seu mestre Paulo Sérgio, é só clicar nos respectivos links abaixo:

 

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR A PRIMEIRA PARTE DO DEBATE

 

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR A SEGUNDA PARTE DO DEBATE  

 

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR A TERCEIRA PARTE DO DEBATE

 

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR A QUARTA PARTE DO DEBATE

 

Finalmente, depois de ele ser absolutamente refutado em TODAS as suas calúnias e em TODOS os seus pseudo-argumentos (isso foi meio difícil, pois tive que fazer uso de toda a sorte de analogias e exemplos práticos, para o sujeito conseguir entender algo simples), ele correu do debate e inventou um fake de nome “Carlos Alberto”, unicamente com a intenção de deixar a sua máscara de lado e mostrar a sua verdadeira face. Veja aqui na lista negra dos excluídos o ótimo exemplo que este cidadão nos passou. Felizmente ele deixou de lado a sua hipocrisia e mostrou quem ele realmente é. Mas fazer o que... pelo menos tenho que parabeniza-lo, pois pelo menos ele suportou o massacre durante algum tempo, para só depois revelar que tipo de pessoa ele realmente é.

 

 

Curta no Facebook para estar por dentro das atualizações: