Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ENQUETE
Qual a sua religião?
Evangélico
Católico
Testemunha de Jeová
Espírita
Ateu
Mórmom
Macumbeiro
Satanista
Ver Resultados






Partilhe esta Página


AS ""PROVAS"" DA REENCARNAÇÃO
AS ""PROVAS"" DA REENCARNAÇÃO

AS “PROVAS” DA REENCARNAÇÃO

.

As provas da reencarnação(http://www.espirito.org.br/portal/artigos/ffarias/o-espiritism o-na-biblia.html) os 23 capítulos do livro de Celestino, oito se referem à reencarnação na Bíblia. Eis algumas considerações: “O rabino Arieh Kaplan afirma que: ‘Não é possível entender a Cabalá sem acreditar na eternidade da alma e suas reencarnações’.Com o nome de ‘Transmigração das Almas’, todo o povo judeu, inclusive a corrente ortodoxa hassídica, acredita que depois da morte a Alma reencarna numa nova forma física. Aqueles judeus hassídicos característicos, de chapéus pretos, tranças (peot) e longos casacos negros são pessoas que acreditam na reencarnação. O hassidismo é uma forma de Judaísmo fundada na Polônia em meados do século XVIII pelo rabino Israel Baal Shem Tov (1700-1760) que começou sob a liderança de Dov Baer De Mejirech. Israel Baal Shem Tov extraiu elementos da Cabalá e espalhou por toda Europa oriental.
.
“A reencarnação é uma crença fundamental do hassidismo. Seus conceitos constam dos livros Sefer Ha-Bahir(Livro da Iluminação), primeiro livro da Cabalá judaica e do Zohar (Livro do Esplendor). Ambos os livros atribuem grande importância à doutrina da reencarnação, usada para explicar que os justos sofrem porque pecaram em uma vida anterior. Nele, o renascimento é comparado a uma vinha que deve ser replantada para que possa produzir boas uvas. A ‘Transmigração’ emprestou um significado novo a muitos aspectos da vida do povo judeu, pois o marido morto voltava literalmente à vida no filho nascido de sua mulher e seu irmão, num casamento por Levirato. A morte de crianças pequenas era menos trágica, pois elas estariam sendo punidas por pecados anteriores e renasceriam para uma vida nova. Pessoas malvadas eram felizes neste mundo por terem praticado o bem em alguma existência prévia”.
.
“Prosélitos do judaísmo eram almas judaicas que se haviam encarnado em corpos gentios ou pagãos. Ela também permitia o aperfeiçoamento gradual do indivíduo através de vidas diferentes. O Zohar afirma ainda que a redenção do mundo acontecerá quando cada indivíduo, através de ‘Transmigração das Almas’ (reencarnações), completar sua missão de unificação. Ele nos diz que o termo bíblico ‘gerações’ pode ser substituído por ‘encarnações’. Baseados nestes conceitos, os cabalistas desenvolveram a sua própria interpretação sobre a aliança que Deus fez com Abraão e sua semente. Deus disse: ‘Estabelecerei o meu concerto entre mim e ti, e a tua semente depois de ti, nas suas gerações, por concerto perpétuo’. Acreditavam que Deus havia feito esta aliança com a semente de Abraão não apenas por uma vida, mas por milhares de encarnações”.
.
- E para os que não acreditam na visão da Cabalá, como é que fica?
.
- O Antigo Testamento, responde Celestino, apresenta várias referências sobre a reencarnação. Citaremos aqui a passagem em que Deus diz ao profeta Jeremias que o conhecia antes dele ser concebido. ‘Antes mesmo de te formar no ventre de tua mãe, eu te conheci; antes que saísses do seio, eu te consagrei; Eu te constitui profeta para as nações’. (Jer. 1,5). Esta passagem sugere que a alma de Jeremias já existia antes de seu nascimento no século VI antes de cristo. Na Bíblia, se encontra toda a crença na reencarnação por parte dos profetas, de David, do povo hebreu em todas as épocas e do próprio Cristo que nunca negou a reencarnação. Pelo contrário, em Mateus 11,13 e 14 Ele afirma textualmente que João Batista era o Elias que já vivera no tempo dos Reis de Israel e que havia voltado reencarnado no corpo de João Batista . Veja os versículos na íntegra: ‘Porque todos os profetas bem como a Lei profetizaram até João. E, se quiserdes dar crédito, ele é o Elias que devia vir’. Mt. 11,13 e 14. Palavras do Cristo. Quem quiser que as negue, eu não me atrevo. Temos ainda em toda a Bíblia passagens do Gênesis ao Apocalipse que mostram a certeza na volta da alma ou espírito em outro corpo e que tanto os profetas como os judeus ortodoxos até hoje ainda acreditam. (Anônimo, São Paulo – 17/01/2011)
.
Resposta - OLÁ, AMIGO.
VEJAMOS SE AS SUAS ALEGAÇÕES TEM FUNDAMENTO:
.
1) TEMOS PRIMEIRAMENTE QUE CONSIDERAR QUE A CABALA É DO SÉCULO XII E, PORTANTO, NÃO PODE APRESENTAR EXATAMENTE OS PONTOS DE VISTA APRESENTADOS NA PALESTINA DO SÉCULO I. O HASSIDISMO, POR SUA VEZ, TEM ORIGEM NO SÉCULO XVIII E NOVAMENTE SE AFASTA GRANDEMENTE DOS CONCEITOS JUDAICOS DA PRIMEIRA ERA CRISTÃ. A ESCRITURA SAGRADA, POR SUA VEZ, FOI ESCRITA EXATAMENTE NA ÉPOCA EM QUE OS FATOS ACONTECERAM, E REMETEM A UMA TOTAL NEGAÇÃO DA DOUTRINA DA REENCARNAÇÃO. DITO EM TERMOS SIMPLES, AS ÚNICAS “EVIDÊNCIAS” DE REENCARNAÇÃO DENTRO DA VISÃO JUDAICA DIZ RESPEITO A SÉCULOS E MAIS SÉCULOS DEPOIS DE CRISTO, QUANDO O SINCRONISMO COM AS DEMAIS RELIGIÕES ACABA SENDO SINAL MARCANTE DENTRO DE VÁRIOS POVOS E CULTURAS. NÃO EXISTE NENHUM TIPO DE PROVA OU DOCUMENTO DOS PRIMEIROS SÉCULOS ANTES OU DEPOIS DE CRISTO QUE ATESTE A FAVOR DA REENCARNAÇÃO. PELO CONTRÁRIO, O QUE VEMOS É UM FLAGRANTE CONTRASTE, COM UMA CRENÇA EXCLUSIVA NA RESSURREIÇÃO DOS MORTOS, NO ÚLTIMO DIA (cf. 1Coríntios 6:14; 1Coríntios 15:43; 1Coríntios 4:14; Oséias 6:2; Isaías 16:29; Daniel 12:2; 1Coríntios 15:52; João 5:28; João 5:29; João 6:39; João 6:40). A REENCARNAÇÃO É SIMPLESMENTE UM MITO INCONCEBÍVEL À LUZ DAS ESCRITURAS!
.
2) A PALAVRA “GERAÇÃO” – DO GREGO “GENEA” – NÃO TEM NADA A VER COM “ENCARNAÇÃO”. ISSO É UMA PURA MENTIRA! DE ACORDO COM O LÉXICO DA CONCORDÂNCIA DE STRONG, TAL PALAVRA PODE SIGNIFICAR:
.
Concordancia de Strong:
idade, tempo de geração, nação.

.
COMO VEMOS, É INTEIRAMENTTE IMPLAUSÍVEL QUE “ENCARNAÇÃO” ESTEJA DENTRO DE SENTIDO DE “GERAÇÃO-GENEA”. ESSA APELAÇÃO SERVE APENAS PARA ALGUMAS PESSOAS DETURPAREM OS SENTIDOS BÍBLICOS CLAROS QUE NEGAM A DOUTRINA DA REENCARNAÇÃO,TENTANDO ARRANJAR UM SIGNIFICADO ESTRANHO À LUZ DO ORIGINAL GREGO E HEBRAICO.
.
3) QUANTO A PASSAGEM DE JEREMIAS, NÃO EXISTE NADA NELA QUE MOSTRE QUE A ALMA DE JEREMIAS JÁ EXISTISSE ANTES DE SEU NASCIMENTO. ESSA É UMA TOTAL DETURPAÇÃO DO TEXTO BÍBLICO. O QUE DEUS ESTÁ DEMONSTRANDO EM JEREMIAS 1:5 DIZ RESPEITO AO SEU CARÁTER DE PRÉ-CIÊNCIA, OU PRÉ-DESTINAÇÃO. NÃO É UMA EXISTÊNCIA DE UMA “ALMA ANTES DO NASCIMENTO! TODOS NÓS ANTES DO NOSSO NASCIMENTO JÁ EXISTIMOS NA MENTE DE DEUS. DEUS É ETERNO E ONISCIENTE, ELE ESTÁ NO PASSADO, PRESENTE E FUTURO AO MESMO TEMPO. ELE TRABALHA NO KAIRÓS E NÃO NO CHRONOS, DE MODO QUE, ANTES QUE NÓS EXISTÍSSIMOS NESTA TERRA, DEUS JÁ NOS CONHECIA EM SUA MENTE, PELA SUA ONISCIÊNCIA. PEGUE, POR EXEMPLO, ESTE OUTRO TEXTO DO APOCALIPSE:
.
“E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo” (Apocalipse 13:8)
.
SERÁ QUE A ALMA DE JESUS ESTAVA SENDO CRUFICIADA ANTES DE SUA EXISTÊNCIA??? É CLARO QUE NÃO. O TEXTO SIMPLESMENTE ESTÁ COLOCANDO EM PAUTA A PRESCIÊNCIA DE DEUS, DO MESMO MODO QUE EM JEREMIAS. NÃO EXISTE NENHUM TIPO DE EXISTÊNCIA DE ALMA ANTES DO NASCIMENTO, MAS SIM ONISCIÊNCIA E PRESCIÊNCIA DA PARTE DO DEUS ETERNO. DESDE MODO, PODEMOS DIZER ASSIM COMO PAULO: “ELE NOS ELEGEU ANTES DA FUNDAÇÃO DO MUNDO”! (Ef.1:4).
.
4) A CONFUSÃO DE ELIAS E JOÃO BATISTA JÁ FOI DEVIDAMENTE EXPLANADA POR MIM AQUI HÁ ALGUM TEMPO ATRÁS. MAS NUNCA É TARDE PARA RECOMEÇARMOS: JOÃO BATISTA ERA O ELIAS, NO SENTIDO DE JOÃO SER UM CUMPRIMENTO DA PROFECIA DE MALAQUIAS 4:5, E NÃO DE SER A PRÓPRIA REENCARNAÇÃO DE ELIAS. JOÃO BATISTA ERA ELIAS NO MESMO SENTIDO DE QUE JESUS ERA O CORDEIRO PASCOAL. JESUS NÃO ERA LITERALMENTE UM CORDEIRO COM PELE DE CORDEIRO E COM CHIFRES DE CORDEIRO... E MUITO MENOS A “REENCARNAÇÃO” DE UM CORDEIRO!!! MESMO ASSIM, JOÃO CHAMA JESUS DE “O CORDEIRO DE DEUS” (Jo.1:36). O QUE JOÃO ESTAVA QUERENDO DIZER ERA QUE JESUS ERA O CUMPRIMEIRO DA FIGURA PROFÉTICA QUE SIMBOLIZAVA O FIM DO SACRIFÍCIO DE CORDEIROS, PELA MORTE DO “CORDEIRO DE DEUS” QUE TIRA O PECADO DO MUNDO. DA MESMA MANEIRA, JOÃO BATISTA NÃO É LITERALMENTE JOÃO BATISTA OU ALGUM TIPO DE “REENCARNAÇÃO” DESTE, MAS SIMPLESMENTE O CUMPRIMENTO PROFÉTICO DE MALAQUIAS 4:5, SOBRE O QUAL ELIAS ERA UMA FIGURA PROFÉTICA CUMPRIDA EM JOÃO BATISTA, O PRECURSOR DO CAMINHO E DO MINISTÉRIO DE JESUS.
.
MAIS ALGUMAS PROVAS DE QUE JOÃO BATISTA NÃO ERA A REENCARNAÇÃO DE ELIAS:
.
(a) ELIAS APARECE NO MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO (Mt.17:13), O QUE PROVA QUE ELIAS CONTINUAVA SENDO ELIAS E JOÃO BATISTA CONTINUAVA SENDO JOÃO BATISTA. ORA, SE JOÃO ERA A REENCARNAÇÃO DE ELIAS, ENTÃO COMO PODE SER QUE TENHA SIDO ELIAS (E NÃO JOÃO) QUEM APARECEU NO MONTE? ESSA É UMA PROVA CONCLUSIVA QUE ELIMINA EM ABSOLUTO QUALQUER POSSIBILIDADE DE JOÃO SER ELIAS REENCARNADO. QUAL NADA, ELIAS (QUE NÃO PASSOU PELA MORTE) CONTINUAVA VIVO EM PESSOA, AINDA QUE JOÃO BATISTA JÁ TIVESSE VINDO A ESTA TERRA. PORTANTO, JOÃO NÃO ERA REENCARNAÇÃO DE ELIAS.
.
(b) A CLARA E ENFÁTICA NEGAÇÃO DA PARTE DO PRÓPRIO JOÃO NOS PROVA QUE ELIAS NÃO ERA JOÃO BATISTA NO SENTIDO DE SER UMA REENCARNAÇÃO DESTE. QUANDO É PERGUNTADO PELA AUTORIDADES JUDAICAS SE ELE ERA O ELIAS, ELE RESPONDE SEM MEDO DE ERRAR: “E PERGUNTARAM-LHE: ÉS TU ELIAS? E DISSE: NÃO SOU”! (Jo.1:21). ESSA CLARA NEGAÇÃO TEM SIDO ERRONEAMENTE INTERPRETADA PELOS ESPÍRITAS DA SEGUINTE MANEIRA: (1) JOÃO ESTAVA SENDO HUMILDE. ESSA INTERPRETAÇÃO É CLARAMENTE NEGADA, POIS NESTE CASO JOÃO PODERIA ATÉ SER HUMILDE, MAS ESTARIA SENDO UM MENTIROSO! OUTRA INTERPRETAÇÃO ERRÔNEA É QUE: (2) ELE NÃO SE LEMBRAVA DE QUE ERA ELIAS. MAS, NESTE CASO, O APÓSTOLO JOÃO NÃO IRIA NARRAR UMA MENTIRA EM SEU LIVRO. ELE IRIA OMITIR TAL CITAÇÃO QUE MOSTRASSE UM FLAGRANTE CONTRASTE COM A REALIDADE, A NÃO SER QUE, DE FATO, JOÃO NÃO FOSSE A REENCARNAÇÃO DE ELIAS, COMO REALMENTE NÃO O É. PORTANTO, JOÃO NÃO ERA A REENCARNAÇÃO DE ELIAS.
.
5) A BÍBLIA PREGA A REALIDADE DA RESSURREIÇÃO DOS MORTOS, E NÃO DA REENCARNAÇÃO:
.
“Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder” (1 Coríntios 6:14)
.
“Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor” (1 Coríntios 15:43)
.
“Sabendo que o que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também por Jesus, e nos apresentará convosco” (2 Coríntios 4:14)
.
“Depois de dois dias nos dará a vida; ao terceiro dia nos ressuscitará, e viveremos diante dele” (Oséias 6:2)
.
“Os teus mortos e também o meu cadáver viverão e ressuscitarão; despertai e exultai, os que habitais no pó, porque o teu orvalho será como o orvalho das ervas, e a terra lançará de si os mortos” (Isaías 16:29)
.
“Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados” (1 Coríntios 15:52)
.
“E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno” (Daniel 12:2)
.
“E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação” (João 5:29)
.
“E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia. Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia” (Jo.6:39,40)
.
6) OS PAIS DA IGREJA PRIMITIVA PREGAVAM SEMPRE A REALIDADE DA RESSURREIÇÃO, E NUNCA A DA “REENCARNAÇÃO”:
.
“Inácio, também chamado Teóforo, àquela que é amada de Deus, o Pai de Jesus Cristo, à Igreja santa que está em Trália, na Ásia, eleita e digna de Deus, vivendo física e espiritualmente na paz, por meio da paixão de Jesus Cristo, nossa esperança de ressuscitar para ele. Eu a saúdo, em toda a plenitude, à maneira dos apóstolos, e lhe desejo a maior alegria” (Inácio aos Tralianos – SÉC.II)
.
“Uma vez que a Igreja de Antioquia da Síria está em paz, como fui informado, graças à vossa oração, fiquei mais confiante na serenidade de Deus, se com o sofrimento eu o alcançar, para ser encontrado na ressurreição como vosso discípulo” (Inácio a Policarpo – SÉC.II)
.
“Ele foi realmente pregado por nós em sua carne, sob Pôncio Pilatos e o tetrarca Herodes. É graças a esse fruto, à sua divina e feliz paixão que nós existimos, a fim de erguer para sempre um estandarte pela ressurreição para os seus santos e fiéis, tanto judeus como pagãos, no corpo único da sua Igreja” (Inácio aos Ermioniotas, SÉC.II)
.
“Aquele que o ressuscitou dos mortos também nos ressuscitará, se fizermos a sua vontade, se caminharmos em seus mandamentos, e se amarmos o que ele amou, abstendo-nos de toda injustiça, ambição, amor ao dinheiro, maledicência, falso testemunho, não retribuindo o mal com o mal, injúria com injúria, golpe com golpe, maldição com maldição” (Policarpo aos Filipenses, SÉC.I)
.
“De igual forma, que os diáconos sejam irrepreensíveis diante da justiça dele. São servidores de Deus e de Cristo, e não dos homens. Que não caluniem, nem sejam dúplices nem amantes do dinheiro. Sejam castos em todas as coisas, misericordiosos, zelosos, andando segundo a verdade do Senhor, que se tornou servidor de todos. Se o aguardarmos neste mundo, ele nos dará em troca o tempo futuro, pois ele nos prometeu ressuscitar-nos dentre os mortos, e, se a nossa conduta for digna dele, também reinaremos com ele, se tivermos fé.” (Policarpo aos Filipenses, SÉC.I)
.
“Quem não confessa que Jesus Cristo veio na carne, é anticristo; aquele que não confessa o testemunho da cruz, é do diabo; aquele que distorce as palavras do Senhor segundo seus próprios desejos, e diz que não há ressurreição, nem julgamento, esse é primogênito de satanás” (Policarpo aos Filipenses, SÉC.I)
.
“Então aparecerão os sinais da verdade. Primeiro, o sinal da abertura no céu; depois, o sinal do toque da trombeta e, em terceiro lugar, a ressurreição dos mortos.” (Didaquê, SÉC.I)
.
“Com efeito, está escrito: Entrai um pouco em vossos quartos, até que passem a minha ira e o meu furor. Então, eu me lembrarei do dia ótimo, e vos ressuscitarei dos vossos sepulcros.” (Clemente aos Coríntios, SÉC.I)
.
“Ó homem, se compreenderes isso, e viveres de maneira pura, piedosa e justa, poderás ver a Deus. Antes de tudo, porém, entrem em teu coração a fé e o temor de Deus, e então compreenderás isso. Quando depuseres a mortalidade e te revestires da incorruptibilidade, verás a Deus de maneira digna. Com efeito, Deus ressuscitará a tua carne, imortal, juntamente com tua alma. Então, tornado imortal, verás o imortal, contanto que agora tenhas fé nele. Então reconhecerás que falaste injustamente contra ele.” (Teófilo de Antioquia, SÉC.II)
.
ASSIM, VEMOS QUE SEMPRE A ESPERANÇA BÍBLICA E A ESPERANÇA DOS PRIMEIROS PAIS DA IGREJA PRIMITIVA ERA SEMPRE FOCADA NA RESSURREIÇÃO DENTRE OS MORTOS, E NUNCA É MENCIONADO QUALQUER TIPO DE “REENCARNAÇÃO” EM SEUS ESCRITOS OU EM QUALQUER OUTRO DOS PRIMEIROS SÉCULOS DA IGREJA. ISSO TUDO NOS MOSTRA QUE, PARA OS JUDEUS E PARA OS CRISTÃOS, A DOUTRINA DA REENCARNAÇÃO ESTAVA DAS PORTAS PARA FORA DA IGREJA.
.
UM GRANDE ABRAÇO EM CRISTO JESUS!